Quinta, 06 de agosto de 2020
47 99116-3294
Segurança

13/02/2020 ás 08h57

Redacao

Itajaí / SC

Polícia Federal deflagra operação contra tráfico em apartamento de luxo em Itapema
Ações ocorrem em Porto Belo, Balneário Camboriú, Bombinhas e Canelinha
Polícia Federal deflagra operação contra tráfico em apartamento de luxo em Itapema
Foto: Divulgação

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta quinta-feira (13), em Itapema, seis mandados de busca e apreensão. Os agentes estiveram em um condomínio de luxo, na rua 294, na Meia Praia. Também foram deflagradas ações nas cidades de Porto Belo, Bombinhas, Canelinha e Balneário Camboriú. Os trabalhos fazem parte da Operação Narcos, cujo objetivo é desmantelar organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e armas e ligada à facção criminosos.


Os elementos colhidos durante a investigação apontam que a organização vinha atuando em vários estados do país, utilizando pequenas aeronaves e aeródromos para trazer drogas da Bolívia de forma clandestina, com posterior revenda no mercado interno ou envio para outros países por meio de transporte marítimo, a partir de portos localizados em Santa Catarina e em outros estados do país.


Quase duas toneladas de cocaína foram apreendidas durante a investigação, bem como 12 aeronaves, o que resultou na prisão em flagrante de alguns integrantes do grupo, tendo, inclusive, um dos seus líderes sido preso em meados de 2019 no Pará. A apuração colheu fortes indícios de que a quadrilha fazia parte de uma facção criminosa e também atuava no contrabando de armas de calibre restrito. Outra característica da organização era sua periculosidade, sendo que, na ocasião em que um dos seus líderes foi preso em flagrante, na cidade de Itaituba/PA, os policiais federais foram recebidos a tiros de armas de grosso calibre.


No curso do trabalho investigativo, identificou-se que os principais suspeitos possuíam patrimônios milionários registrados em seus próprios nomes e no de terceiros (parentes, empresas e outros ‘laranjas’), razão que levou à decretação de sequestro de imóveis, vários de alto padrão, incluindo apartamentos em Itapema, Bombinhas, Porto Belo e um sítio em Canelinha. Também foram sequestrados automóveis de alto valor, incluindo BMW X6 e LAND ROVER. Foi, ainda, determinado o bloqueio de contas de 25 investigados.


A Polícia Federal cumpre ainda nesta quinta-feira (13), cerca de 24 mandados de busca e apreensão e 17 mandados de prisão (16 preventivas e uma temporária, sendo quatro preventivas referentes a indivíduos que já se encontram presos) em endereços de Santa Catarina. Os mandados são realizados em Balneário Camboriú, Bombinhas, Brusque, Canelinha, Florianópolis, Itapema e Porto Belo. Os trabalhos acontecem também nos estados da  Bahia (Eunápolis e Porto Seguro), Minas Gerais (Governador Valadares), Espírito Santo (Linhares) e Rio Grande do Sul (Canoas).


Durante a operação, a Polícia Federal contou com apoio da Polícia Rodoviária Federal, da Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC e da Polícia Civil, inclusive com a participação de policiais civis no cumprimento de mandados judiciais. Os investigados poderão ser indiciados pela prática dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, organização criminosa e lavagem de dinheiro,cujas penas somadas podem ultrapassar 30 anos.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados